sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Dez imperativos para 2018...



...e para a vida inteira.

1- Proteja-se!
Inimigos sempre surgirão. E, muitas vezes, estarão disfarçados de pessoas que te amam. Esteja  sempre vigilante! Não se descuide, pois eles procuram infiltrar-se até mesmo nas menores brechas!

2- Cuidado com o que ouve!
Durante as 24 horas do dia, escutamos de tudo. Mas é necessário filtrar e sondar aquilo que entra em nossos ouvidos! Devemos perguntar: "É verdade?", pois o mundo está repleto de pessoas mentirosas.

3- Cuidado com o que fala!
Palavras lançadas ao ar não voltam atrás. Melhor do que falar o que pensa é pensar o que fala!

4- Cuidado com o que sente!
Nosso coração é muito enganoso (Jeremias 17:9). Facilmente trocamos a razão pela emoção, e analisamos o mundo conforme aquilo que sentimos. Policie sempre o seu coração!

5- Cuidado com o que pensa!
A mente é um verdadeiro campo de batalha, e é lá que nossos sentimentos são processados e ganham vida ou não. Evite pensamentos ruins e destrutivos! É muito melhor sonhar coisas boas do que maquinarmos em nossas mentes o mal contra o próximo!

6- Agradeça!
Seja grato! A vida é uma dádiva de Deus, e o fato de você estar vivo e saudável já é um milagre em si! Um coração grato vê as coisas pelo lado positivo e encoraja-nos a lutar sempre e não desanimar!

7- Cresça!
Tudo o que é saudável cresce. Esforce-se! Trabalhe! Evite a procrastinação, a preguiça e o comodismo! Busque coisas e companhias melhores! Os resultados virão, inevitavelmente!

8- Seja prudente!
Não se arrisque além do necessário! Há caminhos que são maus. Não confunda coragem com imprudência!

9- Seja firme!
Jamais negocie seus valores! Por mais duro que seja o caminho que você escolheu para trilhar, não fuja dele! Lute contra aquilo que queira desviar você de seus propósitos!

10- Ame!
O amor liberta-nos de cadeias amargas, até mesmo de males físicos. Perdoe! Evite cultivar sentimentos como o ódio, a amargura e o ressentimento! Amar traz paz e liberdade.




Nenhum comentário:

Postar um comentário